Promessas

“A humanidade está perdendo seus maiores gênios… Aristóteles faleceu, Newton bateu as botas, Einstein morreu, e eu não tô passando muito bem…”

Não posso dizer que esse negócio de “repouso absoluto” não tenha lá suas vantagens… Estou conseguindo colocar em dia minha leitura de uns dois anos pra cá…

Pra quem ainda não sabe, estou em casa, de molho, devido a um pequeno acidente com o carro da Dona Patroa (será que ela mandou cortar os freios?). Maiores detalhes nas anotações (ilustradas) do dia 21 passado. Já voltei a digitar com as duas mãos – desde que não seja por muito tempo – mas o mouse continua na canhota. A perna esquerda sempre pra cima. Já estou me sentindo meio morcego: mais um pouco e ainda vou acabar passando num banco de sangue pra fazer um lanchinho. Das lesões, a última novidade é que estou com o “dariz guebrado”. Levou UMA SEMANA pra eu descobrir, ou melhor, ter certeza, e agora é só tomar cuidado com meu narizinho.

Ou seja, nada de beijos de língua cinematográficos e avassaladores. Quando muito, um selinho assim de ladinho…

Agradeço sinceramente a todos os que entraram em contato em função do acidente. Se sentir querido faz um beeeeeeem danado pro ego… Por e-mail, telefone, etc, pude sentir o carinho de meus amigos. Seria deselegante de minha parte citar nomes aqui, mas em especial agradeço àqueles que vieram pessoalmente – em detrimento de todas as dificuldades – sentaram do lado de minha cama e trocaram dois dedos de prosa. Não, não, pera lá, não estou cobrando ninguém, só agradecendo, gente. Sem neuras!

De resto, continuo aguardando minha alta definitiva (de casa). Sair de férias é uma coisa, ficar sem trabalho – ainda que por apenas um tempo – é outra completamente diferente. Pelo menos consegui um tempinho pra fazer algumas “cópias pra avaliação perpétua” de algumas coisinhas por aqui. Dá pra acreditar que meu irmão comprou as três primeiras temporadas completas de Jornada nas Estrelas? “Star Trek – The Original Series” é TUUUUDO de bom para este trekker de carteirinha que vos escreve. Como ele volta pra terrinha dele (Paraná) ainda este ano, não tenho muito tempo pra desfrutar desse empréstimo – mas vou me organizando. Junto com isso também temos a terceira temporada de Smallville, o que muito me agrada…

Das promessas de ano novo que fiz nesse mesmo período, ano passado (duas apenas – uma aqui e outra aqui), percebo que não cumpri nenhuma… Então faço uma nova, para 2006, que também servirá para muitos de meus amigos: “Não fazer promessas que não se pretende cumprir”.

Acho que é o suficiente.

A todos um Feliz Ano Novo e, como já disse recentemente a muitos de meus amigos, que 2006 seja ainda melhor que 2005, mas não tão bom quanto 2007…

Um grande abraço a todos!

Tirinha do dia:
Desventuras de Hugo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *