O tempo voa!

Putz! Como o tempo voa! Só agora, fazendo o upload dos arquivos é que percebi: hoje é dezesseis de janeiro. Se casado ainda fosse (o primeiro) HOJE eu estaria fazendo dezoito anos de enlace matrimonial!…

Mas tudo bem. Foi uma fase necessária na minha vida para que eu pudesse me tornar o ser humano fantástico, inigualável e perfeito que hoje sou. Ah, e modesto também.

Desse modo estou plenamente satisfeito em ter zerado o hodômetro e começado de novo, sendo que mês passado já se completaram sete anos de felicidade.

E não tenho NENHUMA pretensão em zerá-lo novamente!

É, realmente, o tempo voa…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *