Campeonato de arremesso de celulares

Que fique bem claro: o crédito por essa “notícia” é do amigo e copoanheiro Bicarato. Aliás, em uma de nossas últimas sessões etílicas, o que estes temulentos que usualmente vos escrevem chegaram à (óbvia) conclusão de que o que efetivamente nos atrai nos veículos noticiosos é nada mais nada menos que o insólito, o não trivial, o nonsense, enfim…

Mas voltemos à imprescindível notícia sem a qual nem um dia a mais poderia passar sem que dela soubéssemos! Fuçando na Internet, eis o que achei.

Neste último final de semana teve lugar em São Paulo o Primeiro Torneio Nacional de Arremesso de Celular. Evento “importado” da Finlândia, onde ocorre desde o ano de 2000, e que serve para dar um, digamos, “fim mais digno” aos celulares sem uso. Ecologicamente correto, eis que as baterias devem ser retiradas antes do torneio e os próprios celulares são destinados à reciclagem após o mesmo, vence a competição quem arremessar o celular mais longe – havendo mesmo a possibilidade de se premiar algumas variações, tal como o melhor estilo no arremesso.

Pena que somente agora surgiu isso… Lá pelos idos de 95 ou 96, época em que começamos a nos celularizar em terras Tupiniquins, tenho certeza que aqueles bons e velhos “tijorolas” (vulgos PT-550 da Motorola), bem, eles seriam perfeitos para essa competição!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *