Somebody save me…

Kristin Kreuk

Quem me conhece sabe o quão fã de quadrinhos eu sou. Do tipo heavy user, mesmo. Só pra se ter uma idéia tenho toda (sim, eu disse toda) a linha DC Comics desde 1984. Pra desespero da Dona Patroa, pois nosso escritoriozinho em casa, além dos tradicionais livros de direito e literatura (mais uma boa parte de informática, história e genealogia), está abarrotado de gibis em prateleiras que vão até o teto. Literalmente.

E, nessa brincadeira, acabo sendo “consumidor” também de filmes e desenhos sobre o tema. É aí que entra o seriado Smallville, que conta sobre a adolescência do Superman.

Mas o que me levou a escrever esse post foi a música de abertura do seriado. Como tenho assistido em DVD, sempre que o coloco no aparelho entra a música Somebody Save Me, do Remy Zero. Mal começam os primeiros acordes (“Somebody saaaaaa…”) e eu mudo de menu para escolher o áudio em inglês; volta à tela principal (“Somebody saaaaaa…”) e eu novamente mudo de menu para escolher a legenda em português; de novo na tela principal (“Somebody saaaaaa…”), finalmente vou para os capítulos. Três vezes começa, três vezes eu corto.

E então, nesse final de semana, o sempre musical caçulinha ( e que vive ouvindo essa operação lá do seu cantinho), quando sentamo-nos eu e a Dona Patroa para assistir um dos episódios e entrou na música, veio ele correndo à sala e do alto de seus três anos explicou:

– Mãiê, mãiê!

– Oi, meu amor?

– É o “san-baricê”!

– Cuméquié?

– Músca, mamãe, músca. É assim, ó: san-baricêêêêêêê!

Acho que não preciso explicar mais nada, né?

PS.: Essa só perde para ele mesmo cantando “We will rock you“, do Queen. Ainda vou dar um jeito de gravar isso…

3 thoughts on “Somebody save me…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *