Famílias ( I ) – Joaquim Theodoro de Andrade

Não é de hoje que tenho a pretensão de passar a limpo – na forma de um livro – minhas anotações genealógicas. Siiiiiim, ladies & gentlemen, eu admito: sou um viciado. Um viciado em genealogia. Enquanto muita gente coleciona selos, figurinhas, chaveiros, revistas, carros, mulheres, ou qualquer que seja seu objeto de desejo, eu coleciono “gente”. Especificamente gente de minha família.

Existem diversas maneiras de montar uma árvore genealógica. Dentre elas as que mais utilizo são: 1) o genograma, que é a representação gráfica de um conjunto familiar, e 2) a árvore de descendentes, também conhecida como árvore de geração, ou ainda como árvore genealógica direta, que é a árvore formada pelos descendentes de um indivíduo – partindo do passado ela avança no tempo, multiplicando-se, geração após geração, e facilita a visualização do antepassado comum de vários indivíduos na atualidade; sua estrutura é orgânica e aleatória, pois não há como racionalizar o número de filhos de cada indivíduo.

Dentre as diversas famílias que, de tempos em tempos, colocarei por aqui, as que são diretamente relacionadas com este vosso escriba são as seguintes: Andrade, Maia, Nunes, Antunes, Santos, Casaes, Mizoguti e Miura.

E, ainda, apesar de o antepassado mais antigo ao qual cheguei remontar à Idade Média, relacionarei somente o que foi fruto de minha pesquisa direta. Na realidade tudo isso talvez seja uma maneira de não deixar todas essas anotações “mofando” nas catacumbas de meu computador. Sei que existem outros membros da família que também se interessam pela matéria e assim já seria uma maneira de compartilhar essas informações (e também de receber ajuda para complementá-las).

Um último detalhe: a indentação, ou seja, essa tabulação que perceberão na descrição das famílias, serve para – juntamente com a numeração – indicar os membros de um mesmo núcleo familiar.

Bem, então, comecemos com a Família Andrade.

Até onde minhas modestas pesquisas me levaram, essa história alcança meados de 1850, na cidade de Santa Rita de Jacutinga, interior de Minas Gerais. Somente a partir desse ponto é que me foi possível ligar esse estudo a outros já existentes, permitindo assim a elaboração da árvore de costados da família Andrade (noutra hora explicarei o que seria exatamente uma árvore de costados).

Foi provavelmente por essa época que nasceu o menino JOAQUIM THEODORO DE ANDRADE, meu trisavô, que na sua mocidade viria a casar com sua sobrinha MARIA DA GLÓRIA TEIXEIRA, filha de seu irmão mais velho, também encontrada com o nome de TEIXEIRA GUIMARÃES. Não se assustem. Há quase duzentos anos atrás o casamento entre membros da mesma família não só era comum, como, muitas vezes, desejável. Era uma maneira de manterem o núcleo familiar unido e de não permitir que a fortuna da família se espalhasse em mãos alheias. Dentre outros filhos, o casal teve:

1. JOÃO AGNELLO DE ANDRADE, nascido em 1877, registrado em Madre de Deus, MG, que viria a casar-se com IRIA RITA DE BEM, nascida em 1883 na cidade de Santa Rita de Jacutinga. Foi nessa mesma cidade que se deu o enlace matrimonial destes meus bisavós, em 13/02/1901.

É pela ascendência paterna de Iria, cujos genitores eram BRAZ CARNEIRO DE BEM e LUIZA GONZAGA DE NOVAES, que nossa família deve se ligar às lendárias (e prolíferas) Três Ilhoas, as irmãs açorianas que, em fins do século XVII vieram para as Minas Gerais, dando início aos troncos familiares mais tradicionais da região.

Há notícias, também, de um provável irmão desse Braz, tio de Iria, o sr. MANOEL TEODORO DE BEM, casado com CECÍLIA, talvez Cunha, que foi professora de meu pai, conforme veremos oportunamente. Esse casal teve pelo menos dois filhos: JOSÉ DE BEM e GERALDO, sendo que este último faleceu solteiro. E de bebida.

Voltando a nossa linha de raciocínio, João Agnello e Iria Rita tiveram muitos filhos, dentre eles:

1.1. JOSÉ THEODORO DE ANDRADE, falecido em 29/09/1980, que casou-se com CAROLINA MARQUES MACHADO, natural de Santa Rita de Jacutinga, MG, onde casaram-se, e falecida em São José dos Campos, SP, em 14/06/2003, com cerca de 95 anos. Era filha de BENEDICTO MARQUES DE OLIVEIRA e JULIA VIRGÍNIA DE JESUS, naturais de Minas Gerais. Tiveram:

1.1. JOSÉ ANDRADE FILHO, nascido em 1929, que, apesar de ter se casado, separou-se cerca de um mês depois, jamais tendo regularizado a situação. Não voltou a se casar, mas também nunca deixou de namorar “meninas mais jovens”. Nada bobo, esse José…

1.2. CARLOS DE ANDRADE, já falecido, casou-se com ANA.

1.3. ADOLFO DE ANDRADE, nascido em 1935, que se casou com MARIA, irmã de sua cunhada Ana (sim, a mesma Ana dali de cima, casada com Carlos). Outro detalhe bastante comum nos tempos de antanhos: irmãos costumavam casar-se com irmãs.

1.4. LUIZA DE ANDRADE, nascida em 1938, foi casada com OLÍMPIO SOBREIRA, já falecido.

1.5. MARIA ANDRADE, nascida em 1940, casou-se com MAMUD CARNEIRO, também já falecido.

1.6. JOÃO BATISTA DE ANDRADE, nascido a 30/01/1944, sendo que em 23/12/1972 casou-se com ZENAIDE APARECIDA DE CARVALHO, esta nascida a 08/11/1948. Vivem em São Bento do Sapucaí, onde criaram seus filhos.

João herdou de seu pai a habilidade de trabalhar com a madeira, passando a fazer, como fazia seu pai antes dele, os pequeninos bois, cavalos e outros animais, com selas e arreios quando o caso, todos com cerca de trinta centímetros, e com um impressionante grau de perfeição. Um de seus trabalhos mais belos é um pequenino carro de boi, com três parelhas de bois, os quais colocou sobre uma prancha com rodas para que pudessem “andar”. O que mais chama a atenção é que esse carro de boi “canta”, da mesma maneira que “cantam” os carros de boi fabricados no Sul de Minas e região.

Tal habilidade lhe rendeu o apelido de “João do Boi”, sendo conhecido ainda como “Joãozinho Andrade”. Estando na cidade, basta perguntar por algum desses nomes que todos já sabem onde mora, dando como dica a curiosa frase: “É a casa onde tem um gato deitado no muro”. Acontece que João entalhou também um gato, em tamanho natural, deixando-o preguiçosamente deitado sobre o muro de sua casa, verdadeiro marco para quem o procura…

João e Zenaide tiveram:

6.1. MADELEINE APARECIDA DE CARVALHO ANDRADE, nascida em 05/01/1974, que de seu casamento com ÉVERSON MARQUES FROES, teve:

1.1. GUSTAVO ANDRADE FROES, nascido em 23/11/2001.

6.2. MILEIDE DONIZETI CARVALHO ANDRADE, nasceu em 25/08/1975, casou-se com VLADIMIR MARQUES DE ARAUJO, com quem teve:

2.1. JOÃO PEDRO CARVALHO ARAUJO, nascido em 20/06/2000.

6.3. JOÃO BATISTA DE ANDRADE JUNIOR, que nasceu em 24/07/1976 e, até início de 2003, solteiro.

6.4. MILEINE CAROLINA CARVALHO ANDRADE, nascida em 25/10/1978, casada com ROBERTO CARLOS DA ROSA, pais do casal:

4.1. EVELIN CAROLINA ANDRADE ROSA, de 03/01/1998.

4.2. CARLOS HENRIQUE CARVALHO ROSA, de 01/05/2002.

1.7. SEBASTIÃO ANDRADE, nascido em 1946, casado com “Cota”.

1.8. JOAQUIM MACHADO DE ANDRADE, nascido em 1948, o “Quinzote”, marido de ROSELI. Também ele artesão, como seu pai, capaz de fazer belos trabalhos de escultura na madeira.

1.9. BENTO DE ANDRADE, nascido em 1955, que casou-se com JOCELINA.

1.2. SEBASTIÃO ANDRADE, o “Tio Tatão”, falecido em 20/06/1988, e que casou-se com a cunhada de seu irmão (olha aí o casamento entre irmãos de novo!), MARCIANA CAROLINA DE JESUS, falecida em 15/08/1996, filha dos já citados JÚLIA VIRGÍNIA DE JESUS e BENEDICTO MARQUES DE OLIVEIRA.

1.3. TEÓFILO ANDRADE, casado com MAEDI, pais de:

3.1. MURILO, marido de DAMARES, com:

1.1. TIAGO.

1.2. FELIPE.

3.2. MAURÍCIO.

3.3. MARILETE.

3.4. MARILENE.

1.4. JOÃO ANDRADE, casou-se primeiro com LUCINDA, e, depois com MARIA. Com sua primeira mulher teve:

4.1. IRIA.

1.5. LUZIA ANDRADE, casou-se com DIONÍSIO e teve:

5.1. IRIA (outra coisa também bastante comum em famílias antigas – principalmente as mineiras – dar o nome dos antepassados aos filhos, ainda que outros da mesma família já o tenham feito).

5.2. JACÓ, que foi açougueiro em Santa Rita de Jacutinga, tendo recebido ajuda em seu negócio do prefeito da cidade, um certo João Andrade, provavelmente nosso parente.

5.3. JOÃO.

1.6. BRÁS ANDRADE, marido de MARIA DE OLIVEIRA.

1.7. MARIA ANDRADE, casada com PEDRO AREDES, conhecido como “Nhonhozinho”.

1.8. ANTONIO DE ANDRADE, meu avô, nascido em Santa Rita de Jacutinga em 06/03/1909, mesmo local onde, por volta de 1936, casou-se com SEBASTIANNA (sim, seu nome era só esse mesmo, só o primeiro nome – foi dessa maneira que foi registrada), nascida em 13/04/1920 e falecida aos 80 anos, em 10/10/2000. Mais dados referentes a minha avó serão vistos no capítulo da família MAIA.

(continua…)

53 thoughts on “Famílias ( I ) – Joaquim Theodoro de Andrade

  1. Que viagem!!! Voltei aos meus tempos de criança pequena e isso me emocionou…
    Lembrei-me de minha mãe e quando eu era pequenininha. Parece até que eu posso ver o Tio Tatão, que passou umas temporadas lá em casa quando já estava doente. Através dessas coisas mencionadas, descobri também, de onde veio o lado artístico do “Jorginho”, ele fez trabalhos lindíssimos em madeira e começou buscando pedaços de troncos de árvores na velha Igaratá… Que saudade! Saudade de todas as coisas que vivi, dos tempos em que brincávamos, sem saber o que a vida nos reservaria… Valeu… Parabéns pelo seu trabalho, tenho certeza que assim como me emocionou, vai emocionar muita gente… e já lanço a idéia, por que não editar um livro? Você é super inteligente e gosta muito de escrever, ah… depois vou querer um livro autografado, tá?… Um abração. Saudade de você também, viu? !!!

  2. Pois é, prima, e vem mais por aí. Ainda preciso passar a limpo muita coisa, inclusive os detalhes da turma de Igaratá que a Ana (essa mesma, sua irmã) me mandou. Tenho certeza que haverão “lacunas” que vocês poderão me ajudar a preencher. O próximo passo (daqui a alguns dias eu colocarei no ar) já é de toda nossa turma, ou seja, dos filhos do vô Antônio e da vó Sebastianna, começando pelo filho mais velho, ou seja: Seu Bento!

  3. Adauto, Sou de Passa Vinte-MG, lendo este artigo encontrei o nome de possiveis antepassados meus, provavelmente esse Benedictus Marques de Oliveira seja meu parente, ele possui o mesmo nome de meu avô e de um tio de meu avô que também levava esse nome, e como a familia Marques é uma só nessa região talvez esse benedictus seja pai ou tio de meu trisavô que se chamava Antônio Marques de Oliveira o qual não tenho a data de nascuimento, sei que meu bisavô que carregava o mesmo nome do Pai(Antônio Marques de Oliveira) é de cerca de 1890. se você tiver mais informações sobre esse benedictus por favor me passe um e-mail!!

  4. Gostaria de saber se esses andrades tem alguma ligaçao com os Andrades de Peçanha?

    Att.Aline Andrade

  5. Aline, assim, à queima-roupa, eu creio que não. Mas se tem uma coisa que aprendi nessa história de genealogia é que tudo é possível. Apesar de o sobrenome “Andrade” ser relativamente comum, somente traçando uma linha dos antepassados é que poderíamos descobrir se existe algum “ponto de conexão” lá atrás. Aliás, Peçanha fica onde messs?…

  6. Peçanha fica perto de Sao Joao Evangelista.Nao sei bem explicar onde é.
    Sei que fica na regiao leste.Perto de Sao Pedro do Suassui,Coroaci,Cantagalo.
    Ajudou?

  7. MEU CARO, ESTOU PROCURANDO DECIFRAR UM ENIGMA, SABER DONDE VEIO E PARA ONDE FOI O RAMO DE MINHA FAMILIA, MUE PAI, NASCEU EM MUQUI, ESPIRITO SANTO, TENDO COMO SEU PAI E MEU AVÔ, EVARISTO MAQUES DE OLIVEIRA, OU SEJA ESTOU A PROCURA DA FAMILIA MARQUES DE OLIVEIRA, DE MUQUI, ESPIRITO SANTO. ABS,

  8. Ismar, apesar de ter um “Marques de Oliveira” na minha família (especificamente o sr. Benedicto Marques de Oliveira, ali em 1.1), esse ramo não se trata do foco das minhas pesquisas. Ainda assim andei dando uma checada nas minhas anotações, mas não tenho mais nada que possa lhe dar uma luz nesse sentido. O negócio é fuçar, fuçar e fuçar mesmo…

    Boa sorte!

  9. Moro em Pindamonhangaba, mas vou constantemente em santa Rita de jacutinga, sou da família Almeida (de Santa Rita) e lá encontro com bastante pessoas da família Andrade. (O falecido Sr. João Andrade se dizia até parente de meu pai). Será que são os mesmos Andrade de sua família.

  10. Oi Adauto de Andrade, tudo bem?
    Estou procurando minhas origens, meu avô materno FRANCISCO DE ANDRADE BRAGA que nasceu em Carrancas na Fazenda ILHA (esta está submersa), filho de Leontina Augusta de Andrade e João Norberto Andrade Braga, e neto de Antonino Teodoro de Andrade e Maria Gabriela de Andrade (Maternos), e de Francisco Teodoro de Andrade e Ernestina de Andrade (Paternos), foi o mais longe que conseguí chegar agradeceria muito se vc pudesse me ajudar com mais informações sobre meus ancestrais e nossa história…

    Abraço Alessandra Paula

  11. Boa noite Adauto de Andrade

    Rapaz começei a fazer a árvore genealógica da minha família (meu tronco rs).
    Penso em tentar ir mais longe com a família Andrade, pois com a família Soares Oliva acho comlicado achar registros.

    Sou Bisneto de José Luiz de Andrade e Augusta rocha Andrade, não se se o bisavô josé que é o Andrade ( a Bisa entrou para a família) era daqui da minha cidade, mas acredito que moreu aqui. Meu avô filho dele morreu já. Então fica difícil de saber.
    Você que tá aprofundado na pesquisa pode me dar umas dicas?

    Se quiser mando um ramo da minha família ai pra você…da parte dos Andrades para ver se você liga algum a alguém.

    Você conhece o Site meusparentes.com? Estou montando a árvore por lá.

    Abraços Fraternais

    Igor Andrade

  12. Ola……….
    Sou bisneta de João augusto de Andrades e carmelina Maria de Jesus (mineiros) só não se de onde… Ele era fazendeiro em jaboti PR. se vc pudesse me ajudar com mais informações sobre meus ancestrais e nossa história…

    Abraço
    Jac

  13. Prezado Amigo

    Sou Neto de João Silva Maia ,fazendeiro no Guirra (SÃO FRANCISCO XAVIER-S.JOSE DOS CAMPOS ) na decada de 40/50 -filho de Francisco Siva Maia -naturais de PARAISÓPOLIS/MG.

    SABES SE HA ALGUM PARENTESCO COM SUA AVÓ SEBASTIANNA ?

  14. Alexander, confesso que esse é um ramo da família que ainda não desbravei (tanto é, que até hoje ainda não consegui escrever o capítulo da Família Maia). O que posso lhe adiantar, se é que ajuda em algo, é que minha avó era filha de ALCINDO DE PAULA MAIA (*1898/+1942) e de LAURA DE CASAES SANTOS (*1898/+?), sendo neta pelo lado paterno de FAUSTO DE MAGALHÃES MAIA e de JOSEPHINA AUGUSTA DE PAULA. Todos da região sul-mineira.

    Se houver algum ponto de conexão em suas pesquisas me avise que a gente dá mais uma fuçada juntos, ok?

    [ ]s!

  15. Olá!
    Gostaria muito que me ajudasse a encontrar meus descendentes.
    Meu avô Antônio de Andrade Cunha e avó SanchaD’antas de Andrade Cunha.
    Eu sei que são portugueses.
    Mas tenho tentado e não consigo.
    Meu avô morreu pelo que eu sei eu tinha 13 anos.
    Agora já estou com 60.
    Espero encontrara familia dele.
    Obrigado, se puder me mande alguma informação pelo meu email.

    Regina Coeli

  16. Tô devendo um monte de informações (ou ao menos explicações) não só à Esther, como a outras pessoas também. Neste final de semana eu prometo que darei um jeito de tentar responder a contento todo mundo.

    Aliás, até para poder centralizar tudo isso, resolvi abrir um subproduto do Legal somente voltado à genealogia. Tá aqui ó: http://www.legal.adv.br/gen .

    [ ]s!

  17. Oi
    Estava pesquisando uma coisa totalmente diferente quando vi o nome de meu pai Jacob Ribeiro do Vale, filho de Luzia Andrade e Dionizio. Hoje meu pai já é falecido e o meu tio João, mais minha vó Luzia Andrade ainda é viva e goza de perfeita saúde, ela encontra-se com 95 anos de idade, até pouco tempo ela poderia te ajudar, mais apesar da perfeita saúde a cabeça não ajuda muito. Achei interessante tudo o que li e gostaria de saber mais informações, pois não conheço quase nada das histórias de nossos antepassados. A tia Iria também se encontra com perfeita saúde, reside em Volta Redonda, teve 7 filhos e um falecido.
    Por tudo que eu li, então somos parentes?
    Abraços!

  18. oi Adauto. A Alessandra Paula não se interessou em saber sobre seus antepassados….. Em janeiro de 2009 ela lhe pediu informações…. Eu disse que tinha algumas …. mas parece que não quis saber mais…. Um abraço, parente. Apareça : mariaestherteixeira@gmail.com.br

  19. Saudacoes.
    Muito interessante seus estudos.
    Estou a Preocura de informacoes sobre meus avos:
    Sebastiao Andre.
    Heitor Cavo/u ?
    Maria Isabel da Conceicao. Todos de muqui entre 1915 (nascidos )? em diante….
    onde poderia obter Certidoes destas pessoas em Muqui? que tipo de Registros(escritorios)havia na Epoca.Teria alguma relacao /Listagem de nomes de ex habitantes de Muqui nete periodo? livros contabeis de fazendeiros/firmas.etc???
    desde ja agradeco sua atencao.
    obrigado
    Andre Costa
    Tokyo
    Japao.
    neyous@live.jp
    andrea3pt@yahoo.it.

  20. Oi Adauto,

    é com enorme satisfação que vc me faz descobrir que não estou ficando louco, ou pelo menos que existem outros. De posse de algumas anotações tomadas em conversa com alguns mais idosos em nossa fanilia, iniciei a nossa “Árvore Genealógica”. Hoje não consigo parar de pesquisar na internet,
    em cemitérios, cartórios,etc. Sou um viciado ???. Existe algum AAA para o caso??.
    Cheguei a vc, procurando por antepassados de nosso bisavô materno Antonio Marques de Oliveira Ramos , e sua espôsa Emilia Adelaide Medeiros Fonseca.
    Tamém gostei muito do conteudo do seu Blog “Legal”, vou lhe acompanhar.
    Abraços

    José Carlos

  21. BOA TARDE PRIMO!
    LENDO SEU BLOG FIQUEI MUITO EMOCIONADO EM SABER QUE A MINHA FAMILIA
    TEM RAIZES MUITO BOAS,SÓ NÃO VI O NOME DA MINHA SAUDOSA VÓ BELINHA
    ISABEL CASAES DOS SANTOS,CASADA COM ANTONIO FERREIRA NUNES,TEM COMO DAR UMA INVESTIGADA,ELA NASCEU AI EM SANTA RITA E CASOU-SE COM MEU AVÔ QUE ERA DE LIBERDADE,QUALQUER HORA PASSO POR AI PARA TOMARMOS UM CAFÉ.
    ABRAÇOS!!!

  22. Oi Adauto e demais participantes, tenho pesquisado muito sobre meus antepassados mas porém nada encontro, quem sabe alguem pode me ajudar. meu pai já falecido se chama Antonio Benedito Caetano e minha mãe ainda viva se chama teresa maria caetano, o nome de solteira dela era teresa maria de Jesus. Meus avós patermos José Benedito Caetano e Maria da Conceição e meus avós maternos Benedito Domingues dos Santos e Claudina de Jesus ou Mariana Claudina de Jesus. O que sei é que meus avós moravam Paraisopolis-MG. Meu pai nasceu em São Bento do Sapucai em 1925, conforme certidão de nascimento e minha mãe também em 1929. Segundo minha mae ela morou quando tinha mais ou menos cinco anos na fazenda de Dona Belinha, cujo esposo chamava-se Francisco Monteiro. É o que sei, se alguém tiver mais informações sobre esta familia por favor entre em contato.

  23. Meu amigo!!!
    Gostaria muito que vc. me ajudasse a encontrar se tiver alguem vivo.
    Familia meu avô.
    Antonio Carlos Andrade Cunha
    Sancha Dantas da gama andrade Cunha, minha avó
    Meu pai Cesar da silva Moraes e mãe Judith andrade Cunha, nome de solteira.
    Meus avós eram portugueses, sei que existem primos em Portugal, mas não sei aonde moram.
    Gostaria que me ajudasse.
    Grata, espero sua resposta para o meu email.
    Ametista100@hotmail.com

  24. conheço seu tio avô por parte de mãe.josé dos santos maia[bilu]mora em santa rita,sou sobrinho dele por parte da esposa.Um abraço.kito

  25. Ola tudo bem.? Excelente Trabalho realiazado…. Parabens,..!!!
    gostaria de uma informacao por favor Teria algo em seus arquivos referente aos nomes/Sobrenomes
    Sebastiao Andre……………
    Genorina da Conceicao
    e familia de nomes Fuchs/Fuqui/Fuquies/???
    desde jah agradeco sua atencao obrigado.
    Andre
    skype:andre-shogun
    msn:neyous@live.jp

  26. Caro Adauto, acho que somos parente pois meu Pai ( Sebastião dos Santos Maia) é filho de ALCINDO DE PAULA MAIA e de LAURA DE CASAES SANTOS , o que você possui sobre meus avós? Fotos você têm?

  27. Olá, o nome do meu pai é josé luiz de andrade filho, nascido no rio de janeiro no bairro de botafogo no ano de 1951. Seu sonho era saber o paradeiro do seu pai, jose luiz de andrade. Meu avó tem alguma relação com a sua familia?obrigada!

  28. Vanyse, infelizmente nas minhas pesquisas genealógicas não encontrei ninguém com esse nome ou nessa região… Então, com base nessas poucas informações, acho pouco provável estabelecer alguma linha de parentesco. Somente “subindo” algumas gerações é que daria para checar melhor isso, ok?

  29. Oi,o meu avô paterno era Nelson de Paula Maia ,filho de Fausto Magalhães Maia,lendo sobre as suas pesquisas eu descobri que somos parentes e me sinto muito emocionada e orgulhosa .Parabéns pelo seu trabalho.

  30. Considero muito interessante o seu trabalho, por isso agradeço seu esforço, antecipadamente, mesmo sem saber o resultado.
    Sou filha de Antonio Maria do Carmo, de família portuguesa, com quem tenho contato até hoje, mas minha mãe Abelina Pereira do Carmo, conhecida como Tiló, era filha de Olímpia Menezes Pereira e Manoel do Nascimento Pereira, de Igarapé-Açu, Pará, de onde migrou dessa cidade, para Belém, Pará, provavelmente nos anos vinte ou trinta. Mais tarde, nos anos quarenta, minha mãe veio para o Rio de Janeiro e não teve mais contato com a família, que eu gostaria de conhecer, caso seja possível. Agradeço mais uma vez a atenção.

  31. Sou do sul moro no parana
    milha familia lado do meu pai é pinheiro de andrade
    mas não vejo parentesco com vcs

  32. Ola Bom Dia
    Ja deixei duas Solicitacoes de jauda acime mencionadas . caso possa dar uma forca agradeco preocuro informacoes sobre meus avos : Ex Kilombola e Ex EScrava India da Tribo dos Puri/Coroados, krenak..
    Creio que eles tenham vividos ou habitado perto da Fazenda de nome Verdade famosa fazenda aonde segundo informacoes teriam varias aldeias de Indios Puris .
    pode ajudar
    Obrigado.
    abracos e sucesso no Blog

  33. Boa tarde!

    Procuro dados sobre Fernando Jose Bastos nascido em 1862 casado com Francisca Ribeiro Bastos (cidade de MUQUI) Espirito Santo
    Agradeço qualquer informação

    Ana Maria

  34. Olá,apesar de ser um Andrade,não acredito pertencer a sua linhagem.Eu sou filho de Santa Rita por parte de mãe ( Maria Augusta Xavier) O nome de solteira seria Maria Augusta Teixeira filha de Augusto Sabino e Rita do Rosario (Sá Rita)moradores nas Terras dos Osorios no arraial do Bananal.O que me levou a encontrar essa página foi uma pesquisa genealogica tbm,tentando saber sobre descendentes de minhas tias maternas que foram ainda jovens para São Paulo (Conceição e Divina).Obs:Por parte de meu pai,sou descendente dos Ribeiro do Vale /Eloy de Andrade.Porem essa parte conheço bem a àrvore .Abraços.

  35. Ola…sou bisneto de Joaquim Maia e Isolina das Dores Maia,eles eram de Santa Rita de Sapucaí MG,e se mudaram para o norte do Paraná…
    tomará que isso ajude em sua pesquisa,que consequentimente tb me ajudará !

  36. Boa-noite!
    Seu trabalho é muitíssimo interessante, por isso agradeço seu esforço, antecipadamente, mesmo sem saber o resultado.
    Sou filha de Antonio Maria do Carmo, de família portuguesa, com quem tenho contato até hoje, mas minha mãe Abelina Pereira do Carmo, conhecida como Tiló, era filha de Olímpia Menezes Pereira e Manoel do Nascimento Pereira, de Igarapé-Açu, Pará, de onde migrou dessa cidade, para Belém, Pará, provavelmente nos anos vinte ou trinta. Mais tarde, nos anos quarenta, minha mãe veio para o Rio de Janeiro e não teve mais contato com a família, que eu gostaria de conhecer, caso seja possível. Agradeço mais uma vez a atenção.

  37. Olá, apesar de não assinar Andrade sou casada com um e tenho um filho que assina Andrade. Estou a procura das raízes de Rosalina Maria de Morais e Antônio Braz de Andrade, casados. Tiveram vários filhos entre eles Mário Rosa de Andrade, Antônio Rosa de Andrade e Laurentino Rosa de Andrade, nascidos no município de Quirinópolis Goiás. Não se sabe de onde vieram e os 2 que estão vivos não contam o nomes dos avós. Um mistério que ninguém sabe. Se alguém souber quem foram os pais desse casal repassem por favor. Obrigada.

  38. Boa noite Adauto, também sou da família Maia. Meus pais são Vicente Maia casado com Otília (foi registrada assim) filha de José Francisco Machado e Ana Ribeiro dos Anjos e os avós paternos são João da Silva Maia casado com Luciana Alípia de Arantes, que tiveram mais outros filhos, mas como não tive contado com a família de meu pai e falávamos muito pouco sobre seu passado eu só sei o nome de Sebastião Maia, Pedro Maia, João Maia e Expedito Maia. Hoje já não tenho mais meus pais e por mais que eu pesquise não consigo achar alguma ligação. Será que você já leu em algum lugar esses nomes. Sei também que meu pai é natural de Paraisópolis – Cachoeira de Minas – MG

  39. Boa noite, Adauto e a quem puder me ajudar.

    Joaquim Gonçalves
    Cândida Maria de Jesus
    são os pais de:
    João da Silva Maia

    João Pedro de Almeida
    Anna Severina de Arantes
    são pais de:
    Luciana Alypia Arantes

    João da Silva Maia
    Luciana Alypia Arantes
    são os pais de meu pai
    Vicente Maia
    Quem tiver alguma informação a respeito dessas família, por favor entre em contato.

  40. Oi Francisca, vc sabe me dizer se o Joao da Silva Maia que estamos falando foi casado com Luciana Alypia de Arantes. Ela faleceu quando seus filhos ainda eram pequenos. Depois disso os filhos foram morar com uma sobrinha.

  41. olá, procuro por Mauro Maia da Silva nascido em Araguari, morou em Poxoreo MT, sou filha dele, mas ele nao me conhece, poderia por favor o Mauro acima entrar em contato comigo? 065 992511068.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *