A gota d’água

Há apenas dois dias recebi (assim como uma grande quantidade de internautas) um texto chamado “É assim que me sinto, e você?”, supostamente de autoria de Arnaldo Jabor. Pelo próprio palavreado chulo utilizado, de imediato já daria pra quaisquer pessoas – até as menos esclarecidas – perceberem que o texto é um embuste. Pra mim trata-se de mais um dos famosos casos de autores apócrifos que não têm a coragem de sequer sustentar a própria palavra e procuram nomes famosos numa tentativa de dar credibilidade a pensamentos ignóbeis.

Mas, pior que isso, são as pessoas que crêem piamente em tais lorotas e ajudam a difundir pela Internet como se fosse a mais sagrada verdade…

Não, não vou reproduzir o tal texto aqui. Basta dizer, numa apertada síntese, que o autor desceu a lenha no Lula (num nível de xingamento, mesmo), dizendo que vota no outro candidato porque ele (autor) não recebe nenhum dos benefícios sociais do governo, apenas se considera um “fornecedor de dinheiro” e, em suma, tem vergonha de morar neste país.

Acontece que minha amada, idolatrada, salve salve Dona Patroa também recebeu esse texto. E enfureceu-se (como ela tem 1,53m de altura, e como todos sabem que baixinhos são invocados, bem… dá pra imaginar, né?). Simplesmente reduziu a termo toda sua indignação e postou de volta pra lista de todos que haviam recebido o tal texto.

Abaixo transcrevo essa resposta:

Como estamos num país democrático, discutir é salutar, ao contrário do colega que se manifestou abaixo, discordo da sua posição por vários motivos: A sociedade é como um corpo humano, se um dos membros padece, todo o resto vai mal, porque queiramos ou não, fazemos parte de um todo. Já se perguntou o porquê da violência, da criminalidade, etc? É porque a grande parcela da população é pobre ou miserável, não tiveram a oportunidade de estudar, ter um emprego decente, e como vc mesmo disse, sequer tem alguma cultura discernitória. E o que cabe à quem detêm o poder? Ao menos amenizar o grande abismo da desigualdade social, estamos num país onde muitos poucos detêm riqueza e a grande maioria sequer tem acesso a atendimento básico como saúde e educação. Apoio o governo petista, não porque seja Lula, até porque um partido não se faz só de uma pessoa, mas de um conjunto de ideologias, e a ideologia do PT não se restringe a um José Dirceu, ou qq maçã podre que sempre tem no meio. Mas ao ideal de uma sociedade mais justa, onde a riqueza seja distribuída, onde a pequena classe de privilegiados não seja apenas o opressor e explorador, onde o governo seja interventor para que o povo tão sofrido e desprovido de quaisquer recursos, sejam eles materiais, educacionais, institucionais, seja o agente ao menos atenuador do sofrimento do povo, e creia-me meu amigo, as pessoas simples que moram no sertão do nordeste ou nas favelas de São Paulo não o são por opção, mas sim por falta de opção. O governo deve prezar para que o povo tenha um mínimo de dignidade, que a educação, principalmente, deve ser acesso de todos, para que o povo tenha o discernimento, inclusive político. E numa progressão continuada como o do Estado de São Paulo, onde crianças se formam no colegial, analfabetas (e isso é fato), onde os professores não tem sequer autoridade para educar seus alunos, a coisa vai mal, muito mal. Se todos não deixássemos de olhar o seu próprio umbigo, e olhar para o corpo todo, não precisaríamos morar em casas com grades, com uma espécie de toque de recolher. Talvez os bandidos que estão a sua espreita, ou o menino de rua que lhe pede trocado, lhe incomodando, estivessem trabalhando e produzindo se toda a sociedade contribuísse para que o acesso aos meios de seu desenvolvimento lhe fosse permitido. Sim, apoio o Lula, porque nesse país de miseráveis, nunca houve tantos programas sociais para que todos os membros da nossa sociedade tenham o direito de estudar, comer, ser atendido na saúde. Caso vc não se lembre, até um tempo atrás, o finado INPS só tinha acesso quem pagasse a previdência, a Universidade pública era somente para aqueles que tinham condições de pagar uma escola particular e o caríssimo cursinho vestibular; é preciso sim, interferência do governo, porque sem isso, o abismo da desigualdade social só tende a crescer, e vc terá que colocar mais grades na sua janela. Pense menos no seu umbigo e pense mais no social”.

ELIANA MIEKO MIURA

Lúcida. Ferina. Brilhante.

E aí? Deu pra entender o porquê amo tanto essa baixinha?…

2 thoughts on “A gota d’água

  1. Recebi ambos os e-mails. Adorei a resposta da Mieko. Tbm andei devolvendo algumas correntes assim, com o devido contraditório. Mas não tem nada, não. Nestas eleições, o AMOR vai vencer o ÓDIO. Abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *