Bodas de Palha

Vinte e três anos de casado: Bodas de Palha!

 

 

Mas por que “palha”? Ora, a palha, através dos séculos, em suas mais diversas acepções, sempre teve inúmeras utilidades. Já serviu de forragem nos estábulos para manter os animais aquecidos, se misturada no barro serve para construção de tijolos e paredes bem como para a cobertura de ranchos – principalmente na roça (as casinhas de sapê), é sempre útil para a confecção dos mais variados tipos de artesanato e até mesmo pode ser utilizada como combustível, já que é facilmente inflamável.

Ou seja, é um material tão versátil quanto resistente – que, para chegar na condição ideal de utilização, passa por várias fases, assim como acontece com um casamento que permanece por tantos anos. Por isso serve para representar o amadurecimento de um casal, pois mesmo após vinte e três anos juntos continuam unidos na caminhada.

E com todas nossas idas e vindas (já contei um pouco de nossa história no ano passado, quando de nossas Bodas de Louça), apesar de todos os percalços que já encontramos pelo caminho – e não foram poucos – ainda estamos aqui!

E que venham as próximas bodas se a Dona Patroa conseguir continuar me aturando – quiçá ainda muitas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *