2 thoughts on “Segundona

  1. bom dia sr adalton!!!, como anda os valentes e especiais opalas?, espero que bem!!!, bem vou logo ao assunto pois o sr é muito ocupado!!!!, eu tenho deficiência visual devido a um acidente com o meu passat pointer, mas isso não me deixou com medo ou trauma de carros!!!, mas só aumentouo a minha paixão por essas máquinas, principalmente opalas!!!!, o meu sonho é ter um 72, mesmo tendo perdido totalmente a visão.
    eu gostei muito que o senhor sempre relata que usa cinto e que não abre mão do mesmo, pois por falta de uso eeu perdi a minha visão, eu adorei seu site e já me sinto da família!!!, ops!, antes de parar por aqui manda um abração pro seu bento!!!!, e outros abraços tb para os pequenos caboclinhso!!!! muito exelente o conteúdo desta página, eu estou aprendendo muito com o senhor!!!!, abraços e ótimo dia!!!, obs: como o senhor comprou o opala 79, eu não consegui achar esse causo aqui?

  2. Olá Igor! Agradeço pelos elogios! Creio que se você levar adiante sua intenção de adquirir um Opala 72, o difícil será encontrar um que esteja razoavelmente conservado e ainda possua um preço factível (entenda isso como algo não MUITO exorbitante)…

    O cinto de segurança, de fato, é um acessório imprescindível. Aliás, diga-se de passagem, um que esteja funcionando corretamente. Recentemente comprei um novo carro velho (como já contei por aqui) cujos cintos, apesar de instalados, não tinham suas catracas funcionando. Não tive dúvidas: troquei ambos, com catraca e tudo – tanto o do motorista quanto o do passageiro. Depois de instalado, o do motorista ainda ficou “agarrando” um pouco. Voltei na loja e não saí de lá enquanto não fizeram uma sintonia fina, de modo a deixá-lo funcionando perfeitamente.

    Já no que diz respeito às minhas desventuras opalísticas, elas continuam lá no site/blog do Projeto 676 e, em especial, a história acerca da compra do 79 está bem lá no comecinho, nos idos de 2007 (Caramba! Já faz tanto tempo assim?) e pode ser encontrada aqui e aqui.

    Um abração!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *