EEE PC

Já tem uns dias que estou para escrever sobre isso…

Acontece que, por inúmeros motivos que não cabem ser aqui elencados, me vi diante da possibilidade de comprar um notebook. Principalmente em função de seu poder de portabilidade, ou seja, para que eu pudesse carregar comigo pra cima e pra baixo não só os arquivos (o que já fazia com um pendrive e, antes dele, – pasmem – um HD removível) mas também ter à mão os programas e configurações que usualmente utilizo.

Diante de tal possibilidade – e pra não abusar – comecei a procurar alguma coisa que combinasse o melhor da técnica e do preço, isto é, que fosse tecnicamente viável o suficiente para meu uso mas dentro de um nível de preço que não fosse abusivo. Até porque, numa pesquisa básica, é possível encontrar notebooks que custam milhares e milhares de reais!

Nessa brincadeira, surfando na Internet, me deparei com boas ofertas em torno de um conto e meio e que já resolveriam meu “problema”. Nada muito elaborado, mas com a possibilidade de parcelamento – o que, para mim, seria um dos fatores decisivos. Entretanto os notebooks cresceram muito, pois o menor deles tinha 33cm. Isso é um porre para ficar carregando por aí com aquela famosa (e visada) maleta, sendo que sequer caberia dentro de uma mochila ou pasta (pra dar uma disfarçada). Por isso continuei fuçando até que acabei indo parar no site do comprafacil.com.

Lá, por apenas R$999,00, me deparei com a seguinte oferta: “Notebook 7” LCD Processador Intel Celeron 900Mhz Mem. 512MB HD 4GB + Webcam embutida, Wireless G– EEEC PC701 Preto ASUS”.

Apesar do preço atrativo, a curiosidade foi maior. Como assim tela de apenas sete polegadas? Disco rígido de apenas quatro gigabytes? Que catzo de notebook esquisito seria esse? Webcam e wireless? Memória de só 512Mbr? O fato de ser da marca ASUS era um ponto extremamente positivo – experiência própria quando, outrora, montava computadores com as placas-mãe fabricada por essa empresa, que são de excelente qualidade. Mesmo o computador que tenho há anos em casa tem a placa-mãe da ASUS. E funciona muito bem, obrigado.

Resolvi dar uma checada na descrição do bichinho, a qual segue abaixo:

* Com tela de 7 polegadas, pesando menos de um quilo e com armazenamento em disco sólido (memória Flash, sem partes móveis), o eeePC é um lançamento da Asus que permite levar o Linux para onde você for.
* Trata-se de um pequeno Notebook com tela de 7 polegadas, chipset intel, pronto para rodar facilmente os sistemas operacionais Windows XP ou Linux. Suas características incluem 802.11b/g WiFi, Ethernet e modem, webcam, 512MB de RAM e 4, 8 ou 16GB flash drive
* Este é um belíssimo notebook portátil para Web e emails!!!
* * Não possui Drive para CD-ROM

Especificação:

* Processador Intel Mobile Celeron 900mhz (CPU e Chipset)
* Memória 512mb DDR2-400
* Hard Disk 4gb SSD
* Placa de Vídeo Intel UMA – 8Mb compartilhada
* Display Tela 7″ WXGA LCD Widescreen
* Som Integrado Compatível com Sound Blaster (Hi-Definition Audio CODEC)
* Microfone embutido / 2 Autofalantes embutidos
* Web Cam 300K pixel video camera
* Leitor de Cartão 4 em 1: SD e MMC
* Lan/ Rede 10/100/1000 Gigabit ( RJ-45)
* Wireless Rede 802.11 b/g
* Modem 56k
* Sistema Operacional Linux Pré Instalado /Compativel com Windows XP (não incluso)
* NÃO POSSUI LEITOR OU GRAVADOR DE CD/DVD
* 3 portas USB 2.0
* Entrada para Microfone
* Entrada para Fone de Ouvido
* Saida VGA para Monitor
* Touch Pad c/ Scroll Pad dedicado

Ficha Técnica:

* Duração média da bateria: 3h

Itens Inclusos:

* 01 Notebook Asus EeePC 4G
* Bateria
* Cabo de força
* Fonte de alimentação
* Manuais do usuário

Dimensões:

* Dimensões : 22.5 x 16.4 x 2.15~3.5 cm,
* Peso 0.920 kg

Tudo isso só serviu para me deixar ainda mais curioso. Resolvi ver de perto o que era esse tal de “EEE PC”…

Comecei a fuçar e fuçar na Internet e me deparei com uma matéria muito boa no Infowester, datada de 14/02/2008, bastante detalhada, de autoria do Emerson Alecrim e sob o título de “Review: Asus Eee PC 701”.

Me animou. Bastante, até. Mas ainda assim, não sei o porquê, fiquei com uma pulguinha atrás da orelha…

Foi só com a matéria do Felipe Fonseca, de 20/05/08, que tratava de “Esboços sobre o OLPC, mobilidade e rede de bolso” que tive a convicção que estaria fazendo a coisa certa. Afinal minha busca por um equipamento com portabilidade tinha tudo a ver com a efetiva aplicação dele num contexto mais amplo – não o queria somente para ser mais uma traquitana tecnológica a se carregar por aí.

Assim, no dia seguinte, em 21/05/08, fui ao meu fornecedor informático de costume já sabendo que teria um desses bichinhos lá, à disposição “para consultas”.

Liguei. Inicialização bem rápida. Testei o teclado. Mesmo considerando todo o meu tamanho foi possível utilizar o teclado sem problemas. Pessoalmente ele ainda era mais simpático (e menor) do que eu imaginava.

Fechei negócio. Novecentos e oitenta contos. Cinco chequinhos.

Ainda voltarei a falar aqui sobre os upgrades que já fiz no software e hardware do novo brinquedinho. Graças às dicas do Felipe bem como algumas outras informações extraídas da comunidade ASUS Eee PC EEEPC UMPC lá no Orkut.

Aliás a melhor (e mais hilária) definição que recebi desse notebookizinho veio do amigo e colega de trabalho Bellini: “Mas, doutor, o que é essa coisinha aí? Veio de brinde num Kinder Ovo?…”

1 thought on “EEE PC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *