anterior ]      [ Ctrl-C ]



A ERA HIBORIANA

Este quadro cronológico da Era Hiboriana é o resultado de uma minuciosa pesquisa do americano Mike McCoy que abrange, com detalhes, povos, sociedades e religiões da era bárbara. Sem dúvida, é uma contribuição de grande valor para nos situarmos na fascinante criação de Robert E.Howard.

18.000 a.C. - Era Pré-cataclísmica.

17.800 a.C. - Primeiro cataclismo. As ilhas da Atlântida e Lemúria afundam, as ilhas pictas se tornam montanhas, o povo lemuriano é escravizado pela "Antiga Raça".

17.500 a.C. - Os atlantes regridem à selvageria: A evolução picta é estagnada. Zhemri, uma nação não-valusiana, progride ao sul, ilesa.

16.800 a.C. - Atlantes regridem ao nomadismo dos homens-macacos, desprovidos da linguagem humana. Pictos mantêm linguagem humana e vivem em clãs dispersos no sudoeste.

16.600 a.C. - Os lemurianos se rebelam e derrotam seu escravizadores, a "Antiga Raça".

16.500 a.C. - Os sobreviventes da "Antiga Raça" se deslocam para o oeste e encontram uma civilização pré-humana. Os hiborianos do norte crescem em população.

16.200 a.C. - Os sobreviventes da "Antiga Raça" dominam a civilização pré-humana, substituem e modificam sua cultura. É o início dos Reinos Negros.

16.000 a.C. - A Stygia é formada pelos sobreviventes da "Antiga Raça".

15.800 a.C. - Os hiborianos começam a se deslocar para o sul.

15.500 a.C. - Acheron é formada por estígios rebeldes. Zhemri inicia a restauração de sua antiga cultura. Os pictos se deslocam para o oeste para fazer a expansão hiboriana e a de Acheron. Atlantes-símios começam a se deslocar para o norte. Selvagens nômades, os filhos de Shem seguem para a fronteira leste da Stygia. Primeiras construções hiborianas com pedra.

15.400 a.C. - Hiperbórea passa a existir. Guerras isolam os Reinos Negros.

15.000 a.C. - Zamora é fundada por descendentes dos zhemris. Khitai é fundada por descendentes dos lemurianos. Pictos são empurrados para a Costa Oeste. A Stygia domina as planícies de Shem. A maioria dos reinos hiborianos começa a tomar forma.

14.400 a.C. - Atlantes começam um estágio de desenvolvimento a partir do qual passam a ser denominados cimérios. Koth é formada por hiborianos dispersos.

14.300 a.C. - Acheron permite o avanço de hiborianos dispersos para atacar a Stygia e conquistar as planícies de Shem. A Hiperbórea é dominada, mas seu nome é mantido. Kush passa a existir como resultado de uma guerra de meio século entre tribos negras.

14.200 a.C. - Uma tribo picta invade o Vale de Zingg. Selvagens loiros do norte iniciam deslocamento ainda mais para o norte.

14.100 a.C. - Zíngara é formada por uma tribo de hiborianos nômades que invade o Vale de Zingg. Shem declara independência da Stygia. Stygia não reconhece Shem. Forma-se Kulalo na Costa Meridional.

14.000 a.C. - O aço é descoberto e sua utilização logo se divulga entre os reinos principais. Koth e Ophir são formados pelos hiborianos que atacaram a Stygia. Ophir sofre forte influência de Acheron. Koth é pressionada tanto pela influência de Acheron como de Zamora. Corinthia é formada pelos hiborianos originais.

13.800 a.C. - A Britúnia é formada por britunianos dispersos do norte. Shem avança na Stygia para além do rio Styx.

13.600 a.C. - Darfar e Keshan se formam ao longo da fronteira de Kush. Os cimérios progridem mais rápido que os pictos.

13.100 a.C. - Acheron é destruída pelos hiborianos e a Grande Aliança de Khossus V. Kushan e Vhendia são formadas por descendentes dos lemurianos. Reinos recém-formados de Atália e Kordafa inciam sangrentas guerras.

12.900 a.C. - Aquilônia recupera muito da arruinada Acheron. Pântanos Bossonianos, Gunderlândia, Britúnia, Corinthia e Ophir crescem em tamanho. Sangrentos conflitos negros com nenhum vencedor evidente.

12.500 a.C. - Surge Meru. Os selvagens loiros do norte expulsam todas as tribos, exceto aquelas abrangidas pelo reino da Hiperbórea.

12.200 a.C. - Nordheim é formada pelos selvagens loiros. A Ciméria é formada pelos descendentes dos atlantes.

11.700 a.C. - Nordheim é dividida entre os vanires ruivos de Vanaheim e aesires loiros de Aesgaard.

11.500 a.C. - Descendentes dos lemurianos se unem e fundam a Hirkânia.

11.300 a.C. - Turan é fundada pela tribo hirkaniana. Zimbabo torna-se reino governado por irmãos gêmeos.

10.000 a.C. - Nasce Conan, da Ciméria.

9.800 a.C. - Aquilônia anexa Argos, Ophir, Shem Ocidental e Zíngara. Corinthia, Koth e Shem Oriental passam a pagar impostos à Aquilônia.

9.700 a.C. - Hiperbórea declara guerra à Aquilônia e é derrotada nas planícies do Reino da Fronteira.

9.600 a.C. - Britúnia, Koth, Nemédia e Zamora formam uma aliança com o intuito de destruir a Aquilônia.

9.500 a.C. - Primeira invasão hirkaniana. Cavaleiros de Turan varrem Corinthia e Zamora, mas são detidos na Britúnia pela Aquilônia.

9.300 a.C. - Zamora é reconquistada dos hirkanianos. Segunda e terceira invasões hirkanianas.

9.200 a.C. - Aesir faz recuar a fronteira hiperbórea. A Stygia paga impostos à Aquilônia. Os pictos crescem em população e poder. Cimérios saqueiam a Aquilônia, Pântanos Bossonianos e Pictos.

9.120 a.C. - Arus, o nemédio, encontra Gorm, o picto. Os pictos aprendem a mineração, metalurgia e a forjar o ferro.

9.110 a.C. - Pântanos Bossonianos são devastados por shemitas. Invasão picta toma os Pântanos Bossonianos e avança Aquilônia adentro. Corinthia, Shem e Zíngara quebram a hegemonia aquiloniana. A Aquilônia convoca legiões de todas as partes do império para combater os pictos.

9.105 a.C. - Cimérios se aproveitam do caos para saquear as cidades, destruir áreas de plantio e retornar às planícies. O Império Aquiloniano desmorona em meio a sangue e chamas. Invasão hirkaniana de Turan toma Zamora. Invasores hirkanianos do norte do Mar Vilayet se unem às forças de Turan.

9.100 a.C. - Invasão hirkaniana rende Britúnia, devasta a Hiperbórea Meridional e a Corinthia. Cimérios são empurrados colinas adentro. Shem conquista Koth. Stygia repele invasão shemita.

9.095 a.C. - Pictos se tornam hegemônicos da Aquilônia. Refugiados zíngaros são fixados em Zamora por hirkanianos.

9.080 a.C. - Argos desmorona ante invasão picta. Pictos encontram hirkanianos das planíces de Ophir. Hirkanianos devastam Stygia e Reinos Negros até a Bacia Amazona.

9.075 a.C. - Uma tribo Aesir penetra na Nemédia e detém tanto hirkanianos quanto pictos.

9.000 a.C. - O Império Picto se estende da Costa de Vanaheim até as praias meridionais de Zíngara, toda a Aquilônia, Argos, Ophir, Koth Ocidental e Shem Ocidental. O Império Hirkaniano se estende da Hiperbórea central até o norte da Stygia, toda Zamora, Britúnia, Reino da Fronteira, Corinthia, Koth Oriental e todas as terras de Shem Oriental até o Mar Vilayet. As fronteiras da Ciméria permanecem intactas. Nemédia, dominada por mercenários aesires, resiste a todas as invasões.

8.900 a.C. - Início das glaciações nórdicas.

8.700 a.C. - Aesir invade HIperbórea. Nemédia é governada por mercenários aesires.

8.500 a.C. - Invasão ciméria. Nenhum exército ou cidade resiste a ela. Cimérios destroem Gunderlândia e Nemédia, atravessam a Aquilônia e derrotam o exército hirkaniano na Britúnia.

8.450 a.C. - Hordas de aesires e vanires seguem os cimérios e tomam a Nemédia. O Império Picto estremece a essa invasão.

8.400 a.C. - Nemédios fogem para Koth, expulsam tanto pictos como hirkanianos e ajudam Shem a fazer o mesmo. Stygia fica sitiada por Reinos Negros.

8.350 a.C. - Uma tribo aesir expulsa hirkanianos da Britúnia.

8.300 a.C. - A invasão nórdica faz o Império Hirkaniano recuar ao Mar Vilayet. Cimérios destroem antigo reino de Turan e se fixam no litoral sudoeste do mar.

8.275 a.C. - Uma tribo vanir rende a Stygia e ergue um império ao sul.

8.200 a.C. - Pictos ainda mantêm a Aquilônia e a maior parte de Zíngara. Tribos nômades de aesires, hiperbóreos e vanires vivem ao sul do círculo ártico até Zimbabo e de Shem Oriental até o Mar Vilayet. Não resta nenhuma cidade exceto Stygia e Shem.

7.000 a.C. Segundo cataclismo. A Costa Ocidental afunda junto com Aesgaard, Pântanos Bossonianos, Sertões Pictos e Vananheim. No lugar da Ciméria surgem os Mares Bálticos e do Norte. A Stygia torna-se parte da massa de terra da África.

6.000 a.C. - Aurora da História Moderna.


Mike McCoy

anterior ]      [ Ctrl-C ]