Treze de Maio: Kevin

Treze de maio.

Vinte anos!

Tanto tempo faz…

E vinte anos atrás?

Exatamente às treze horas e dois minutos – como se para homenagear os dias do aniversário de sua mãe e meu…

Pesando 3.370g e cravados 50cm de altura.

Meio metro.

Kevin Hideaki Miura Andrade.

Kevin. Um nome de origem celta, cujo significado é “Rio Estreito”. Nesse caso, uma alusão ao estreito caminho do meio, em que se navega entre o bem e o mal… Todos os detalhes foram pensados, desde a preservação de sua herança japonesa, a continuidade dos nomes de nossas famílias, passando pela numerologia e até mesmo prevendo uma facilidade de pronúncia e comunicação em qualquer parte do mundo.

Descendente de samurais.

Décima segunda geração a partir da matriarca da família Andrade, de 1629.

Nascido em São José dos Campos, SP, faz parte da sexta geração de legítimos joseenses.

Me parece que foi ainda ontem, quando corremos para o hospital, todo o nervosismo e insegurança de nosso primeiro filho. Nosso primogênito. E lá veio você, lindo, perfeito, saudável. Não sei se ainda lembra do hemangioma, uma espécie de “manchinha” que você tinha na perna e que acabou sumindo com o tempo. Já naquele momento foi nossa primeira preocupação com sua saúde. Outras vieram. Sustos e correrias.

Mas tudo passa. As broncas, os castigos, as manhas. Só não passa minha preocupação. Nunca. Sempre me preocuparei com você. Sempre pensarei em você. Sempre. Todo o tempo, o tempo todo.

E, dentre tantas surpresas, lá se vão vinte anos. Já é praticamente um adulto. Mas sempre com novas descobertas, novos interesses, novas aventuras, novas metas. E, se me permitir, quero participar de tudo isso com você. Quero compartilhar. Quero viver e continuar vivo através de você, de seus olhos e de seus pensamentos.

Te amo, meu filho.

Mais do que você possa supor ou imaginar.

Mas vamos ao que interessa: o momento em que o pai coruja expõe fotos de uma vida inteira para plena vergonha do filhote aniversariante!

😀


1999
No dia em que nasceu.


Uma de nossas primeiras fotos…


Com cerca de seis meses e já tinha a carinha de hoje.


2000
Primeiro aninho. Sempre é de palhacinho!


2001
Lembra do chapéu do Mickey?


2002
A prova de que o magrelo do seu irmão um dia já foi gordinho…
É aquele ali no colo da Márcia!


Na escolinha…


Seu irmãozito! De bochechas altamente mastigáveis!


Aos três anos já cantava como ninguém. Literalmente.


2003
Acho que foi a única vez que fizemos uma festa completa
lá na casa do seu avô Bento…


Aos quatro, nos primeiros movimentos do xadrez.


2004
Pikachu!


A Tropa completa!


2005
Incrível. Nossa família – não o tema. Tá, também…


2006
Amigos e primas.
As duplas (nada sertanejas) César & Daniel e Sara & Sabrine.


2007
Olha aí a turminha Incrível de novo…


2008
Nessa época sua paixão era Jedi.


2009
Começo da paixão por mangás…


2010
Aos onze, bolo branco e muito morango, como gosta (ao menos a sua avó acha que sim).


2011
Meu pequeno adolescente…


2012
Já com o começo da carinha de adulto que virá a ter!


2013
E a partir de então foi cada vez mais difícil conseguir tirar uma foto com uma carinha, digamos, “normal”…


2014
E também foi ficando cada vez mais sério…


2015
Mas sempre vai depender do momento, do estado de espírito e do delicado e variável humor que lhe é característico…


2016
Com seus melhores amigos do segundo grau – e a tradicional cara de louco na foto…


2017
Dezoito anos de idade!



No finalzinho do ano, cabeludo como ele só!



E no início do ano seguinte, reco. A reencarnação do Recruta Zero!


2018
Aos dezenove, comemorando com o núcleo da família…


2019
E agora, há pouco tempo, numa das fotos mais recentes… Crash & Eddie, os irmãos Gambá!
😀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *