Só pra constar

O país não está dividido. Polemizado, sim, mas a leitura das urnas tem que ser completa.

Se somarmos os 38,2% dos votos de Dilma com os 35,7% dos votos do outro, teremos apenas 73,9% do eleitorado. Para fechar a conta temos que considerar os 26,1% de brancos, nulos e abstenções. Acho pouco provável que Dilma consiga “recuperar” os eleitores que votaram contra, de modo que o esforço pelos próximos quatro anos, além de manter o que já tem, é dar conta de atender os anseios desses 26,1% – mais de um quarto do eleitorado brasileiro.

Ou seja, o trabalho apenas começou…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *