Quatorze

Clique na imagem para ampliar!

Caramba!

Quatorze anos!

Pois é, filhote, o tempo passa…

Acho que não preciso repetir tudo que já disse aqui, quando de seus dez anos; nem tampouco preciso colocar novamente todas as fotos de seus aniversários, conforme já tinha feito aqui, quando de seus treze anos.

Mas o registro tem que ficar. Tem que ser feito. O primeiro de três filhos cujo amor não tenho como mensurar – não se ama mais este ou aquele, mas sim a cada um de um modo único e especial.

E hoje é o seu dia especial.

Feliz aniversário, filho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *