“Life is pain”

Finalmente acabei de assistir a última temporada do House.

Graças aos bons samaritanos que têm quase que por sacerdócio a tarefa de legendar e compartilhar com os demais mortais, mal era lançado algum novo episódio lá fora e eu já baixava para as catacumbas de meu computador.

Mas, no caso da oitava – e última – temporada, lá ficaram por mais tempo do que eu poderia pressupor. Não sei exatamente o porquê de não ter assistido antes. Mas agora assisti. E me impressionei. Críticas dos experts à parte, foi um bom desfecho. Bem inesperado, confesso. Mas, ainda assim um bom desfecho.

Como sempre, fica um gostinho de “quero mais”…

Mas não mais teremos.

Num explícito trocadilho com sua frase mais famosa – “everybody lies” – o título do último episódio não deixa margem para dúvidas: “everybody dies”.

E deixo, por fim, uma cena impressionante (ao menos para mim) dessa reta final. Num impacto digno de Gandalf, talvez a maior explosão que já presenciei do personagem.

E, como sempre, com uma grande verdade avassaladora em suas palavras…

 
E adeus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *