Música do dia

Almir Sater – Tocando em frente

 
Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente

Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou

( ... )

Todo mundo ama um dia,
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

( ... )

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Emenda à Inicial: Diz a lenda que, num dia qualquer, Almir Sater estava em São Paulo para uma temporada e desceu do seu apartamento para tomar um cafezinho num mercado ali perto. Chegando, encontrou Renato Teixeira, que o convidou para experimentar uma viola nova que acabara de comprar.

Enquanto tomavam café, Almir dedilhou a viola e soltou... "Ando devagar"...

Ao que Renato emendou... "porque já tive pressa"...

Dizem que essa maravilha ficou pronta em dez minutos!

Um dia alguém perguntou ao Almir como essa música foi feita, ao que ele respondeu: "Ela estava pronta... Deus apenas esperou que eu e o Renato nos encontrássemos para mostrá-la pra gente."

Não sei se lenda ou verdade... Tanto faz... Mas música e letra são realmente lindas...

Uma jóia rara, feita num iluminado momento de inspiração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *