Vegetariano? Tá. Mas de qual tribo?

Não, não sou vegetariano. Ao menos ainda não… Mas o texto é esclarecedor! Veio daqui.

O que é ser vegetariano? É somente deixar de comer carne?

VLADIMIR HOSNI

Primeiramente ser vegetariano é não comer nenhum tipo de carne, nem mesmo as brancas, ou de peixe.

Os vegetarianos podem se dividir em categorias:

Vegano: procura não utilizar em seu dia-a-dia nenhum produto ou alimento de origem animal ou que tenha se originado da crueldade contra qualquer espécie (por exemplo, o mel…), veganos pela sua própria natureza costumam ser ativistas éticos em defesa e proteção da causa animal, procurando trazer a informação de seus diversos grupos para as várias camadas da sociedade.

Vegetariano puro: não consome nenhum produto alimentício de origem animal.

Vegetariano crudívoro: segue a alimentação crua, ou seja, nenhum alimento é cozido, frito ou assado. Alguns crudívoros admitem o aquecimento não superior a 40 graus.

Lacto-vegetariano: ainda consome leite e seus derivados como queijo, requeijão, etc…

Ovo-lacto-vegetariano: consome leite e seus derivados e ovos de animais.

Uma pessoa pode adotar o vegetarianismo na forma pela qual ela melhor se sentir por diveros motivos. Aqui, alguns desses motivos:

– religiosos: religiões como budismo, sikhismo, etc…

– éticos e morais: acreditam que não existe diferenças entre todos os seres vivos, que todos merecem direitos básicos, como a liberdade, o direito a vida.

– estéticos: uma alimentação mais leve está associada a uma forma de vida mais saudável, bem estar e boa forma. As pessoas tem uma pele mais bonita, cabelo mais brilhante, uma gordurinha mais consistente.

– meio-ambiente: a expansão dos rebanhos da pecuária está causando o aumento da temperautura do planeta.

Existe um mito quanto à quantidade de proteínas que o corpo necessita. Em qualquer uma das formas de vegetarianismo adotadas é o momento de se repensar nossa alimentação, abandonar gradativamente os produtos industrializados e cuidar pela integralidade e qualidade da nossa alimentação.

A visão é o primeiro contato com o alimento. Ele deve ser colorido e de boa aparência. O cardápio deve dar atenção aos sabores salgado, doce, azedo, amargo, picante e ácido.

E estas são características inerentes aos próprios vegetais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *