Meu Natal

Sei que a música em si não está completa – fica mais no instrumental…

Mas – vamos combinar? – são quarenta e dois anos de história. E de estória. Quatro. Ponto. Dois. Então eu creio que posso me dar ao luxo de passar por cima dos detalhes.

Aliás, já passei por tanta coisa que poderia escrever um ou mais livros. E, sei lá, quem sabe um dia eu ainda os escreva…

Há quarenta e dois anos perambulo por este nosso mundinho chamado Planeta Terra. Conheço-o menos do que gostaria, mas creio que entendo-o até mesmo mais do que deveria.

E caso alguém não concorde com este meu posicionamento tão objetivamente óbvio…

…bem, sempre temos a música para dar a mensagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *