Ser pai geek é…

Boa tirada lá do pélessê (creio que eu já tenha feito mais de uma dessas):

… sem nenhuma razão dizer: “EU… sou seu pai”.
… dizer que vai assistir uma animação e perguntar a ele se quer ir também.
… ao ensinar o ABC, começar com “O-L-A M-U-N-D-O”.
… primeiro fazer o cadastro da conta Google do filho. Depois o registro civil.
… anunciar pelo Twitter que seu filho nasceu.
… colocá-lo para dormir ao som da Marcha Imperial.
… não se importar muito com qual time ele irá torcer mas se preocupar com qual sistema operacional ele usará.

E aí?

Alguém tem mais sugestões para essa lista?…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *