Seguradora lança apólice para casos de assédio moral

É exatamente esse tipo de coisa que eu costumo chamar de “nivelar por baixo”…

Já que o mote do dia foi sobre seguros, que tal às empresas garantir o “direito” de extrapolar com seus funcionários sem ter que colocar a mão no bolso? Basta contratar um seguro específico para “cobertura de atos ilícitos” e pronto! Tá liberado!

Vejam só (direto do clipping da AASP):

O seguro destina-se à cobertura de diversos atos ilícitos, tanto em processos contra a empresa quanto contra o empregador. Além da discriminação e do assédio moral e sexual, a apólice abarca dano moral, demissão injusta ou imotivada, condutas lesivas à honra e à integridade, privação de oportunidade de carreira, retaliação, injúria e ainda a invasão de privacidade. Segundo Pitombeira (diretor de seguro financeiro da Zurich Brasil Seguros), o seguro também inclui uma consultoria para o gerenciamento dos riscos trabalhistas na empresa e um comitê de acompanhamento.

4 thoughts on “Seguradora lança apólice para casos de assédio moral

  1. Com esse pensamento você poderia dizer que todos que fazem seguro de carro estão querendo sofrer acidentes ou serem roubados.

    Se alguém faz seguro do seu carro para vender ele no Paraguai e depois ganhar o seguro, isso se chama fraude. E esse seguro não pode ser pago.

    Se alguma empresa contrata seguro para promover atos ilícitos contra os funcionários, isso é fraude também, e nenhuma seguradora pagará por isso.

  2. O grande problema, Rodrigo, é a tendência natural do brasileiro em servir fielmente àquela lei jamais promulgada (oficialmente): a Lei de Gérson. Concordo plenamente com tudo que você disse – em especial no tocante à fraude. Mas duas coisas devem ser levadas em consideração: a uma que – infelizmente – haverão, sim, “empresários” (talvez até mancomunados com seguradoras) que abusarão de situações proporcionadas por seguros desse tipo – isso já existe no caso de automóveis; e, a duas, que o tom primevo da notícia foi pelo lado humorístico da coisa…

    Sei que os seguros são meramente para prevenir. Eu mesmo já usufrui deles, pois consegui dar perda total no carro da Dona Patroa no final de 2005. Aliás, quase que minha perna deu perda total junto com o carro. Mas – repito: infelizmente – as pessoas abusam. E seguro para situações voltadas às relações trabalhistas me soa pior ainda…

  3. Ai vai minha dica se quiserem um seguro com bom preço.
    http://www.cotando.com.br
    Esse site envia sua cotação para seis corretores diferentes que cotam em diversas seguradores e te respondem. Essa é a única forma de conseguir um seguro com bom preço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *