Procura-se

Esta noite tive um sonho tão complexo, tão detalhado, com tantas minúcias, de tal maneira cheirando a antiguidade – que por certo não poderia ser só meu. Creio que eu devia estar apenas visitando plagas muito antigas de algum sonho alheio, o qual deve ter se desgarrado de seu verdadeiro dono.

E aí? Alguém perdeu um sonho assim?…

3 thoughts on “Procura-se

  1. Hmmm… isso tem cheiro, cor e gosto de Borges (com direito a uma pitada de Calvino). Se tiver algum tigre na jogada, além de uns espelhos e punhais, pode ter certeza de que esses labirintos são indecifráveis, meu caro copoanheiro. Só lhe resta dançar um tango argentino…

  2. EI! Péraê! Pelo menos o que sonhei, o fiz enquanto estava DORMINDO! Será que você andou lendo muitos gibis do Sandman, do Neil Gaiman, ultimamente?…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *