Turma de 96

Há cerca de 20 anos eu estava na fase final de minha adolescência. Estudava, trabalhava e estava prestes a me casar.

Há cerca de 15 anos eu havia acabado de passar pelo “facão” do banco onde trabalhava e, depois de quatro anos e um status de quase gerente, passei então a trabalhar num escritório de contabilidade num bairro do subúrbio. Ganhava um salário mínimo e mesmo assim resolvi começar uma faculdade. É. Direito parecia bom.

Há cerca de 10 anos, depois de passar por poucas e boas, altos e baixos, com subidas e descidas, tanto na vida pessoal quanto na profissional, eu estava prestes a me formar. Foram aproximadamente cinco longos anos desde o vestibular até a festa dos 100 dias. Às vezes parece que foi mais. Às vezes parece que foi menos.

Mas com certeza foi bom.

Comecei a estudar na turma da manhã (mais uma vez, por causa de um novo trabalho), porém, uns seis meses depois, passei pra noite. Conheci muita gente e mais gente ainda me conheceu. É certo que não me lembro lá muito bem de todos (ah, mardita memória!), mas de todos que me lembro, garanto que é com carinho. Nem sempre fui muito próximo de todos, mas de alguns fui mais próximo que se possa imaginar.

Após a formatura e com o passar dos anos algumas amizades esfriaram, algumas pessoas se distanciaram e outras simplesmente desapareceram. Entretanto, também novas amizades surgiram, outras melhoraram e algumas permanecem até hoje. E tudo entre os formandos!

Muitos de nós, ainda que arduamente, conseguimos permanecer na área do Direito. Não foi fácil. Mesmo aqueles que já tinham uma certa tradição na família, ainda assim penaram bastante. Outros nunca conseguiram ou sequer quiseram exercer a profissão. E outros, ainda, foram em busca de novas experiências em outras áreas. Alguns mudaram de vida, de ares e até mesmo de país.

Porém o que nos une depois de tanto tempo é o simples fato de que nos formamos juntos. Passamos por muitos apertos, sofremos com as mensalidades, com a falta de professores, com as fogueiras de vaidades do corpo docente, com salas de aula chuvosas, atrasos, cansaços, tarefas, trabalhos, provas, exames, etc, etc, etc. Mas também tivemos nossas cotas de coisas boas, nos divertimos em festas e bares, comemoramos a vitória de boas notas, matamos aula pra prosear, farreamos no pindura… Enfim, passamos por muita coisa juntos por cinco anos até que nos formamos.

E isso já foi praticamente há dez anos…

Mas vamos aos fatos. Não é de hoje que a nossa colega (e também amiga, diga-se de passagem) Cinthia Polatto vem orquestrando a idéia de um churrasco pra comemorar esses dez anos. Uma boa parte do povo tá lá no Orkut, alguns outros estão perdidos pelos e-mails da vida e o resto acho que nem sabe que existe Internet… Mesmo lá na nossa comunidade orkutística o pessoal vem falando do churrasco, mas ninguém se anima de verdade.

A última expressão de vontade nesse sentido veio há quase três meses por parte do Tiago! Ele sugeriu um churrasco ainda este ano para aquecermos as turbinas. Comentou que sempre aparecerá alguém pra dizer que não poderá ir neste, mas com certeza estará no próximo. Sugeriu que começássemos a pensar com antecedência. De minha parte lhe respondi que basta marcar (desde que tenha espaço suficiente pros três filhotes correrem à vontade).

Mas ninguém mais se manifestou.

Com esse post estou tentando dar um pontapé inicial nessa idéia. Vamos marcar alguma coisa e simplesmente executar! Quem está por aqui na Internet que avise outros que também estão e, independente disso, que todo mundo procure avisar aqueles que não estão.

Vamos ver se isso vai surtir efeito…

E, pra matar a saudade, seguem três imagens de três bons momentos de parte do povo da facultas. Quem quiser ver a foto (beeem) ampliada, basta clicar na imagem. Alguém se habilita a dizer quem é quem?


( Clique na foto para ampliar… )


( Clique na foto para ampliar… )


( Clique na foto para ampliar… )

9 thoughts on “Turma de 96

  1. Grande Adauto, você poderia ser nomeado embaixador dos formandos 96 em virtude de estar promovendo um possível encontro entre todos os formandos daquele ano. Infelizmente eu nem estava nas fotos, rss, mas se realmente o famoso churrasco (queima de nervo) acontecer, certamente que estarei lá para rever os VELHOS amigos. Um abração e que outros ex-formandos também as fotos e relembrem daquela época e das pessoas que lá estiveram.

  2. Heh… Grande Sérgio! Depois eu lhe falo quem é VELHO… Mas é bom lembrar que a VERDADEIRA embaixadora desse movimento é a Cinthia! De minha parte, só estou cutucando o povo pra ver se a gente se mobiliza.

  3. Oi Adauto….Adorei sua página. Adorei ver as fotos e relembrar momentos passados. Como vc. mesmo disse, tinha gente que eu nem lembrava que tinha estudado comigo, como muita gente tb. não vai lembrar de mim. Muitos nem chegaram a advogar, outros sim (passei 7 anos da minha vida no entra e sai do fórum, posso dizer que tive momentos felizes e tristes… mas ver $$$$ que é bom era difícil). Hoje faço parte do grupo que mora fora do Brasil… estou nos EUA (Florida) há pouco mais de 2 anos pois casei com um americano (aqui na Florida tb. mora a Patricia Juliana e a Wellace, mas nunca encontrei nenhuma das duas. Às vezes entro em contato com a Patricia, mas não moramos muito perto). Gostaria muito de participar do churrasco mas estou de mudança para outra cidade aqui mesmo nos EUA, e ficará difícil de viajar.

    Bem, o pessoal que lembrar de mim e quiser entrar em contato, é só me escrever… hoje eu uso o sobrenome Levy, mas antes meu sobrenome era Rocha dos Santos (talvez fique mais fácil), estudei na turma da manhã e por 6 meses (acho que no quarto ano) na turma da noite.

    Abraços e beijos à todos.

    Ana Paola.

    PS….quem se lembra daquele dia em estávamos abrindo uma garrafa de champanhe em comemoração aos 100 dias? estávamos em pleno corredor, em frente à secretaria… sei lá… e a rolha foi direto para o teto, acertando a luz… foi vidro para tudo quanto era lado… e o professor Bennati aparece bem na hora H?

    (Obs. do Adauto: na realidade a Ana Paola respondeu diretamente para o meu e-mail, mas tomei a liberdade de transcrever aqui sua mensagem.)

  4. Oiii… como assim ninguém se mobiliza??? tem churrascao marcado pra dia 03/02/07 (colamos grau dia 01/02/97… rss achei melhor fazer depois do fim de ano, daí janeiro ninguem tem dinheiro, essas coisas), quando completamos 10 anos!!!… um mega churrasco com som ao vivo e tudo…. rsss foi muito bom vc passar os nomes assim, eu já ía pedir mesmo pra todo mundo se cadastrar para organizar direitinho o churrasco… vou precisar das confirmações de presenças para saber buffet, e camisetas (o convite será camiseta com o mesmo logo da formatura)… depois mando notícias…bjos

    Cinthia

    (Obs. do Adauto: na realidade a Cinthia também respondeu diretamente para o meu e-mail, mas tomei a liberdade de transcrever aqui sua mensagem.)

  5. Pois é Paola, da história da champanhe eu não me lembro, mas lembro da algazarra lá fora, qdo ainda tinha o bar do bigode, lembra? e do nosso saudoso professor Tito, que costumava tomar umas com a gente. Bons tempos… Eu tbém advoguei por uns 2 anos, e voltei a ser funcionária pública p. poder ter salário fixo e mais tempo p. estudar, ms aí vieram os filhos, e estou na fase mãe, o que é maravilhoso, a gente aprende muito com eles tbém. O Domingos tbém esteve aí nos EUA, me parece que agora está no México. Nossa turma está internacional! Igual ao meu caso está a Dani, tbém casou e tem 3 filhos, são amigos dos meus, legal né? ah, o Domingos tbém tem 3 filhas, e parece que vem o(a) 4º por aí, é .. estamos povoando a terra… rs. bjs a todos!!!

  6. Adorei ver aquela galera novamente. Aquelas fotos me trazem muitas lembranças boas. Uma época certamente marcante para todos nós.Estou morando em Brasília, mas é só marcar o churrasco que estarei aí.

    (Obs. do Adauto: o Tiago respondeu diretamente para o meu e-mail, mas tomei a liberdade de transcrever aqui sua mensagem.)

  7. Queridos!!!Bom ouvir notícias da turma.

    Eu estou em SP advogando, mas agora vou parar um pouco e trabalhar numa empresa, pra ver o que dá.

    Aqui em SP foram muitas idas ao Fórum João Mendes, etc….

    Outro dia fui fazer uma audiência em São Luiz do Paraitinga e… quem era a Juíza… a nossa colega Renata!!!! Muito legal.

    Casei, mas ainda não tenho filhos, quem sabe ano que vem.

    Um beijo grande para todos

    Dani Bijos

    (Obs. do Adauto: a Daniela respondeu diretamente para o meu e-mail, mas tomei a liberdade de transcrever aqui sua mensagem.)

  8. E assim caminha a humanidade… Beeeeeem devagarzinho o povo vai aparecendo… Vamos ver quem mais se habilita por aqui!

    (E será que é tão difícil assim comentar direto na página do blog?…)

  9. Adauto , sou Marcos, irmão da Regina , sendo assim, seu primo em 2ºgrau creio eu…Estava passeando no seu blog e,ví a foto dum amigo q trabalhou aqui na emb conosco,Mario Seidl , pelo q entendí formou consigo, mundo pequeno.
    Forte abraço…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *